7 dicas para usar cartão de crédito com segurança

Sejamos sinceros: saber como usar o cartão de crédito com segurança não se trata apenas de proteção, mas também de evitar futuros problemas que podem dar muita dor de cabeça.

As pessoas, em geral, utilizam apenas o senso comum para fazer compras com cartão de crédito, sobretudo na internet.

Você sabia, por exemplo, que através de uma compra com o cartão de crédito, é possível acessar uma série de dados e informações pessoais, como o seu e-mail, por exemplo?

E, consequentemente, é por isso que você segue recebendo um monte de e-mails indesejados.

Agora, acompanhe nosso raciocínio: se é tão fácil ter acesso aos seus dados pessoais através do número do cartão de crédito, quão “vulnerável” estão nossas informações bancárias?

Parece assustador, não é? Entretanto, pode ficar tranquilo! O que muita gente não sabe é que, na verdade, existem algumas dicas muito simples e muito eficazes que irão ajudá-lo a usar o cartão de crédito com segurança e manter a sua conta longe de fraudes.

Tudo certo por aí? Então, para usar o cartão com mais segurança, confira essas 7 dicas a seguir!

 

1. Proteja o seu cartão de crédito desde o primeiro dia

E, na prática, o que isso significa? A gente te explica!

Recebeu o seu cartão? Então assine o verso do seu cartão. Parece besteira, mas a verdade é que quando alguém “rouba” um cartão, a primeira coisa que fazem é, justamente, assinar essa parte.

Outra coisa importante é guardar o CVV em outro lugar, bem protegido. E, em seguida, raspar esse número do cartão. Assim, caso você o perca e demore para perceber, ninguém consegue fazer compras online.

2. Trate o seu cartão como dinheiro

Você deixaria um bolo de dinheiro com um desconhecido, por exemplo, para pagar uma conta?

Você deve ter respondido: Não! Claro que não!

Certo. Faz bem. Então responda a essa pergunta: e um cartão de crédito? Você entregaria a um desconhecido? Seja comerciantes, vendedores e outras pessoas que você não conhece?

Nesse momento, você pode até ter respondido que não, mas muitas pessoas, sem dúvidas, irão dizer que sim. E é aí o perigo!

Já parou para pensar que seu cartão pode ser roubado ou então ter seus dados copiados para compras na internet?

Por isso, é mais do que importante cuidar do seu cartão de crédito como se fosse dinheiro! Prefira sempre realizar a operação.

3. Nunca salve os dados do seu cartão de crédito

É, a gente sabe, “um clique” deixa a vida muito mais simples, rápida e fácil. Mas, sem dúvidas, essa não é a opção mais segura.

Já pensou se o seu computador está com vírus ou um spam armazenando as suas informações pessoais?

Nunca deixe salvo no preenchimento automático.

“Ah, mas então posso deixar algumas informações salvas nos sites em que realizo compras?

Então, melhor não! Já pensou se hackeiam o servidor? Sim, isso pode ser difícil, mas não impossível.

Recentemente, por exemplo, a Globo Play foi hackeada. Quem garante que seus dados estão seguros em qualquer site? Pense nisso!

4. Evite usar o seu cartão em conexões ou computadores públicos

É claro que ficamos muito felizes quando encontramos conexões públicas, principalmente quando elas funcionam adequadamente.

Elas, de fato, podem facilitar muito em determinadas situações.

Mas, nessas horas, a cautela é fundamental. Isso porque, por serem redes públicas, seus dados ficam muito mais expostos.

Consequentemente, usar o seu cartão de crédito com segurança nessas redes é praticamente impossível.

Portanto, evite preencher seus dados enquanto estiver conectada nesse tipo de rede, já que essas informações serão acessadas com muito mais facilidade.

Uma dica para não ter problemas desse tipo é navegar e escolher todos os produtos à vontade na rede pública.

Na hora que você decidir comprar, entretanto, o ideal é aguardar estar em uma conexão segura e, aí sim, finalizar a sua compra!

5. Prefira usar o cartão para comprar em sites confiáveis

Existem sites e sites. E isso, certamente, não é segredo para ninguém.

O problema é que as compras online são tão comuns e práticas que, muitas vezes, não pensamos duas vezes antes de inserir todos os nossos dados e finalizar a compra.

Por isso, por mais barato que seja comprar em um possível site alternativo, procure os sites oficiais.

Outra dica fundamental para quem quer usar o cartão de crédito com segurança é checar a url do site. Se o site começar com https, significa que ele é seguro. Em contrapartida, apenas o http não é seguro.

6. Confira a sua fatura

Na correria do dia a dia, não é difícil usar a fatura apenas para fazer o pagamento.

Além disso, a gente sabe que é muito chato conferir item por item da fatura. Mas, por outro lado, é importante conferir.

É claro que, se a fatura vier com um valor muito diferente do que você espera, isso ficará muito nítido.

Entretanto, ao pegar os dados de outro cartão, é muito comum que se façam compras menores.

O problema, nesse caso, é que você pode não perceber e, então, perder mais dinheiro a longo prazo.

7. Descarte o seu cartão com cuidado

Seu cartão venceu? Você teve algum problema para com a tarja magnética? Então é hora de descartar.

E, nesse momento, você também precisa de alguns cuidados. O ideal, sem dúvidas, é triturar o cartão. Entretanto a gente sabe quem nem sempre isso é possível.

Por isso, tente outras alternativas. Uma delas, por exemplo, é você picar o cartão (pode ser com tesoura mesmo) e descartar separadamente.

Dessa forma, você evita, por exemplo, que alguém encontre o seu cartão no lixo e junte as informações.

Parece loucura, nós sabemos, mas não custa nada jogar em lixos separados.

Conclusão: como usar o cartão de crédito com segurança

Agora que você já sabe como usar o cartão de crédito com segurança, já pode colocar nossas dicas em prática. Assim, você evita fraudes ou futuras dores de cabeça.

Tem mais alguma coisa que você faz para proteger o seu cartão? Então conta pra gente!

Confira outro artigo relacionado aqui.

Rafa M.

Bacharel em Administração de Empresas e redatora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.